quarta-feira, 28 de julho de 2010

Pensar em que?

Pra que pensar?
Pensar em que e o por que?

Todos sabem o que é um pensamento. Pensar e Pensamento se compactuam como uma forma de processo mental. Formas de analisar, de modelar, de encaminhar metas e objetivos em suas vidas.

O pensamento é considerado a expressão mais "palpável" do espírito humano, pois através de imagens e idéias revela justamente a vontade deste.


O pensamento é fundamental no processo de aprendizagem (vide Piaget).

O pensamento é constrito e construtivo do conhecimento.


Mas por que ultimamente pensamos tanto? Será que se agirmos mais em algumas ocasiões seremos mais felizes? Não nos arrependeremos do que deixamos de fazer ou até mesmo do que fizemos?


Indagamos demais sobre nossos pensamentos (já estou indagando porque escrevi isso). Mas a forma de pensar descreve como você utiliza sua ação, seja ela pro bem ou para o mal.

A partir de hoje eu postarei coisas que penso sobre determinadas coisas e sobre determinadas pessoas. Sejam elas midianas ou profanas mesmo.


Mick, o neuronio mestre, sempre vulgarizado e hostilizado por falar o que pensa e agir da maneira conveniente ao seu ser. Esse é o perfil dele. Autêntico e fiel a seus pensamentos "adjuntos". Seja Justo.


O que acabo de ver: Uma frase marcante:


  • "Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar."
    Clarice Lispector
É assim que morreremos? Vivendo em pura ânsia de ser algo ou alguém além do que possa obter?

Pensem no ser paralelo e perpendicular a você!

Pedro Henrique - 29/07/2010

4 comentários:

Luh disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lú :) disse...

"Penso... Que pena que seja pouco... Só penso em pensamento..."
Parabéns pelo texto, Nenem! :) Muito bom, como sempre.

Jones Barreto disse...

O que seria da vida sem o pensamento!? sem emoção, expectativas, "frios na barriga", sentimentos... O ser humano é o único ser que 'pensa', mas não nasce pensando! ;]
muito bom seu texto! abração meu velho!

Nenem disse...

Obrigado por tudo. O que seriamos sem o pensamento? Um OCO? um ZERO?

Postar um comentário